VISITA À ALEMANHA E ÁUSTRIA



Em agosto (2007) eu e minha esposa passamos 15 dias visitando Alemanha e Áustria. A escolha do destino – Alemanha – deveu-se ao longo histórico deste país na produção de figuras de faroeste, principalmente aquelas conhecidas como Elastolin.


Viajei cheio de expectativas. O povo Alemão se dedica muito ao modelismo e ao colecionismo, de forma que imaginava que iria encontrar muitos Elastolin pelo roteiro.


Este artigo procura narrar como foi a experiência.


Na Alemanha visitamos as cidades de Berlim, Frankfurt, Heidelberg e Munique. Na Áustria visitamos Salzburg, Innsbruck e Viena.


Por não acreditarmos mais na credibilidade do sistema aéreo nacional optamos por fazer o trecho Curitiba – São Paulo de ônibus. Viajamos à noite para poder pegar o leito e chegamos a São Paulo às 6h da manhã do dia 10 de agosto. Nosso vôo para a Europa sairia somente às 19h. Nos preparamos para uma longa e tediosa espera de aeroporto.


O vôo internacional, que era da Air France, saiu no horário previsto, e foram 11h até Paris. Em Paris uma hora e meia de espera (+ uma vez o vôo saiu no horário previsto) e embarcamos para Berlim, onde chegamos cerca de 1:20h depois. Era início da tarde de sábado em Berlim, um dia chuvoso.


Estávamos muito cansados da viagem, mas a ansiedade por encontrar os brinquedos me impulsionava e, mal deixamos a mala no hotel, saímos para andar por Berlim e procurar brinquedos. Neste primeiro passeio não encontramos nada de faroeste, mas encontramos uma loja bastante de grande dedicada a modelismo – trens e carros. Isto me manteve esperançoso.


No dia seguinte, domingo, saímos cedo do hotel e ficamos na rua até o cair da noite visitando pontos turísticos. Não encontramos nenhuma loja de modelismo no caminho, muito menos de faroeste.


3º dia da viagem – 2ª feira. Eu já estava começando a me frustrar. Novamente deixamos o hotel ao raiar do dia. Após algumas visitas nos encontrávamos Estádio Olímpico de Berlim, onde foi disputada a final da Copa do Mundo de 2006. Ao deixar o estádio decidi retornar ao centro de Berlim de metrô. Lá pelas tantas, numa determinada estação, simplesmente disse para a minha mulher “vamos descer aqui”. Não havia nenhum ponto turístico naquela estação. Caminhamos algumas quadras, havia comércio na região, mas nada de brinquedos, muito menos faroeste. Depois de algumas quadras caminhadas, novamente recebi uma inspiração e disse “vamos virar aqui”. Ao virarmos caminhamos cerca de 30 metros e encontramos uma pequena loja de modelismo. Entrei, não havia outros clientes, constatei que não havia nada de faroeste mas, aproveitando que o proprietário estava ocioso, puxei conversa com ele e falei sobre as figuras Elastolin de faroeste. Ele respondeu que estas figuras são muito difíceis de encontrar porquê, mesmo para padrões alemães, são caras. Mas disse que provavelmente eu encontraria na loja kaDeWe, e me deu o endereço.


Saí da loja com muita ansiedade em direção à KaDeWe. Não tinha a menor idéia do que seria esta loja, mas imaginava uma loja acanhada, de modelismo.


Ao chegar no endereço, algumas estações de metrô depois, tomei um susto. A KaDeWe é uma loja de seis andares, que ocupa 2 quarteirões interligados por passarela. É uma loja de luxo extremo. Vende de tudo, desde que seja luxuoso. O andar térreo tem jóias, perfumaria, relógios, óculos, todas as grifes famosas.


Adentrei a loja, olhei para os lados, e fui direto para as escadas rolantes. À medida que os andares iam passando, com muito luxo, e moda masculina, moda infantil, moda feminina, decoração, etc., a esperança ia diminuindo (“uma loja como esta jamais vai comercializar brinquedos de faroeste”).


Foi então que chegamos ao paraíso, digo ao 5º andar da loja, o de brinquedos. Muitos brinquedos, muito espaço para modelismo e, lá num canto, meio escondido, todas as figuras do catálogo da Preiser Elastolin. Abaixo, algumas das fotos que tiramos deste paraíso:


 


 


Além das figuras Preiser Elastolin a KaDeWe comerciliza a linha de western da Schleich (no Brasil importado por Ricardo Pirilo) e diversos modelos de revólver de espoleta (que saudade).


Comprei várias figuras Elastolin para minha coleção, mas menos figuras do que eu desejaria comprar. Eu também desejava trazer algumas figuras para amigos no Brasil, mas não comprei. No que eu acreditava neste momento? Que a Alemanha era mesmo o paraíso e que ao longo das outras cidades eu poderia comprar todas as demais figuras que desejava, e as figuras dos amigos. Na pior das hipóteses encontraria outras filiais da KaDeWe.


Não prestei atenção ao fato de que o nome da loja era KaDeWe Berlin.....


O resumo da história é o seguinte:


A KaDeWe só existe em Berlim.

Vasculhamos todas as outras cidades que visitamos e não encontramos as figuras de faroeste da Preiser Elastolin em lugar nenhum.

Em Viena estivemos em duas lojas de brinquedos que, segundo sua propaganda, existem desde o séc. XIX, e nada. Numa delas encontrei uma figura de cavaleiro normando da Preiser Elastolin que, segundo o vendedor, estava lá há muito tempo, e era filho único. Comprei esta figura para um amigo no Brasil. Ambas as lojas vendiam muitas figuras de outras marcas, mas não do tema faroeste.


Quando cheguei ao Brasil troquei e mails com a KaDeWe (é só procurar pelo nome no Google). Eles confirmaram que eu é possível comprar e eles enviam por correio. Só que fica bem mais caro, pois tem que pagar o frete (Euro 65) e o imposto de importação no Brasil. O site www.michtoys.com também comercializa estas preciosidades.

O que mais encontramos na viagem?


Muitas lojas de modelismo ferroviário, com as figuras da Preiser que compõem cenários ferroviários.


As figuras da Schleich estavam em todas as cidades visitadas, eram muito fáceis de encontrar, em todas as lojas de departamentos. Já comentamos aqui no site sobre estas figuras em julho (vide artigo “diversos” de julho). Comprei muitas figuras da Schleich na viagem, muitas para minha coleção, e outras para presentear os amigos.


Abaixo algumas das imagens:




As figuras da Schleich são muito bonitas e vale à pena ter na sua coleção.


Eu particularmente não gosto de brinquedos de castelo e de idade média, principalmente porque tiram mercado dos brinquedos de faroeste. Mas tive que dar o braço a torcer – as figuras de medievais da Schleich são maravilhosas (até comprei algumas e trouxe para serem objeto de decoração no Brasil).


 


Em Munique encontramos o Museu de Brinquedos que fica na Marienplatz. Foi uma grata visita, pois lá encontramos as primeiras figuras de Elastolin, produzidas pela empresa Hausser na década de 30, conforme imagens abaixo:


 


Ali ficamos sabendo um pouco sobre o surgimento destas figuras:


 


Na visita descobrimos que Elastolin não é a marca mas, sim, um material com o qual as figuras passaram a ser produzidas na década de 30. Diversas fábricas produziam figuras de Elastolin (Hausser, Lineol, Tipple e outras). A principal fabricante era a Hausser.


Posteriormente a Hausser começou a produzir figuras em plástico, e colocava o nome “elastolin” na base, daí a fama.


A Hausser fechou suas portas em 1983, e a empresa Preiser (que produzia figuras para ferromodelismo) adquiriu os moldes, e relançou as figuras tradicionais da Hausser.


Outros itens interessantes do museu são a carroça e a diligência do início dos anos 50. A diligência é de madeira, mas o modelo é exatamente o mesmo que seria depois produzido em plástico, e que chegaria ao Brasil nos anos 60 pela Casablanca e 70 pela Viocema:


 


Por fim, uma curiosidade:


O único brinquedo de coleção que tenho, que não pertence à linha faroeste é o Zoológico da Gulliver dos anos 70. Tive este brinquedo na infância e sempre gostei muito dele.


Sabemos que os animais do Zoológico da Gulliver foram copiados da Hausser. Pois lá no museu de Munique estava exposto o primeiro zoológico, a primeira versão, lançada nos anos 50. Conforme estava explicado, o conjunto zoológico possuía mais de 50 jaulas de animais, de forma que apenas uma pequena parte estava exposta e o resto estava guardado nos arquivos do museu (fiquei imaginando o que seria este arquivo...).



Bom amigos, este foi um pouco da experiência pela Europa, e queria dividir com vocês.


Até a próxima.

Marcos Guazzelli





Comentários

Enviar comentario

De: edemonluiz@bol.com.br
Ola amigo sabe onde posso encontra soldados medievais de qualidade e com preços justos? desde já agradeço.


De: Vitor Feliciano
onde compro essas armas no brasil que tem ai na foto?


De: Edson Filho
Muito bacana, tenho algumas peças dos indios sioux, e algumas de faroeste; vejo quanto são bonitas as peças e gostaria de adquirir algumas como proceder, vc vende? como saberei o preço?


De: galpaolelo@gmail.com
ola marcos gostaria se pode encomendar pelo correiro e se fica muito caro estes soldado da cavalaria pq sou adoro tenho varios personagem dos anos 1970 logo quando ganhei o forte apacha de madeira tenho varios indios pena que etaõ quebrando pelo tempo


De: jonas aguiar
como eu faco para encontrar os revolvers de espoleta mande no meu email jonasaguiar0605@gmail.com


De: adonai
quanto custo revolver de espoleta da foto acima?


De: Pedro
Cara por favor me responde onde encontro a loja de brinquedos brinquedos de castelo e de idade média. se voc souber. (: Desde ja agradeço.


De: josé
voce poderia me responder rapidamente


De: josé
olá onde fica esta loja no brasil.? E tem revolver de espoleta.?


De: Rodrigo
Queria saber e esta loja er no brasil ? e se naum for queria saber tanben se da pra mandar pa o brasil @!


De: danilo
onde compra revólver de espoleta ainda tem para vender no brasil.


De: carlos
vc tem revolver de espoleta quanto custa ?


De: ANTONIO
VC TEM REVOLVER DE ESPOLETAS


De: leonar
nao e no brasil


De: bruno
oi essa loja é aqui no brasil


De: Lúcia.
Boa noite, Marcos, você teria o endereço e nome dessa grande loja de MODELISMO em Berlim??? Antecipadamente agradeço. NaKaDeWe tem ferreomodelism?