ORIGEM DAS PEÇAS CASABLANCA – PARTE 2



Nesta segunda parte traz mais seis peças Casablanca e as respectivas figuras que deram origem às mesmas.

Começaremos pelo "Cowboy de Montar" numero 129. Tem seu original produzido pela Fábrica Espanhola Jecsan, conforme fotos abaixo.




O segundo é o "Vaqueiro" numero 155. O original que pode ser visto abaixo foi originalmente produzido pela Fábrica Espanhola Comansi.



Para nossa terceira análise eu trago a peça "Índio Pena Branca" numero 058 que aparece nas fotos junto com o "Cowboy" numero 019. Ambas foram originalmente lançadas pela Fábrica Espanhola Reamsa.

 
A peça apresentada a seguir foi chamada pela Casablanca de "Índio Atirador" e numerada 056. Tem a pena da cabeça mais grossa na original ( ver foto ), parecida com a pena que está em outra figura, de número 107, também produzida pela,Casablanca e chamada simplesmente "Índio". O original, da imagem abaixo, foi produzido pela Reamsa.



Por fim, nesta segunda parte temos a figura de um oficial de cavalaria que integrava as peças dos "Confederados" (erroneamente assim chamados) da Casablanca, e que tem como origem a peça "Custer" da Comansi , de acordo com a foto que apresento abaixo. É uma peça que perdeu (e muito!) os detalhes que possuía, tornando-se bastante rudimentar.

 


Espero que apreciem este pequeno artigo, que terá muitas outras curiosidades em sua próxima edição.

Carlos Barros

Nota do editor do site: é possível que a prática de “tomar emprestados” modelos de figuras lançados por outras fábricas não tenha sido uma invenção Brasileira. Como vimos no artigo do Carlos, ele identificou a figura do oficial de cavalaria no conjunto “Custer” da Comansi. Pois bem, a também Espanhola Reamsa possuía a mesma figura, conforme imagem abaixo (na mesma imagem aparecem outros conhecidos nossos da Casablanca e Gulliver...).


 


Qual das duas fábricas Espanholas lançou a figura primeiro? Talvez os nossos leitores espanhóis possam ajudar a desvendar o mistério.

Marcos Guazzelli





Comentários

Enviar comentario