A ORIGEM DAS FIGURAS CASABLANCA - 1



Por: Carlos Barros


Na década de 60, no Brasil, a Casablanca começou a saga da produção nacional
do Forte Apache e figuras de faroeste.


Para compor os sets (conjuntos) que ela disponibilizava à época fez-se
cópias de figuras disponíveis no mercado Europeu.


Muitos fabricantes Europeus foram "plagiados" e, aparentemente, não houve queixa
alguma por parte dos mesmos. Eram outros tempos...


A estratégia mostrou-se eficiente e as figuras foram surgindo e sendo
comercializadas no mercado Brasileiro (para nossa sorte).

Anos mais tarde, a Gulliver aproveitou as fôrmas feitas originalmente pela
Casablanca, e ainda ampliou a série, trazendo ainda mais peças (modelos) da Europa.

Este primeiro artigo de uma série vai mostrar a origem de três peças Casablanca:

009 - Índio Pulador

061 - Índio Lanceiro

017 - Kid kansas

Os índios são cópia de original Elastolin e cowboy é cópia de original Reamsa.

A figura do Índio Pulador tem este nome aqui pois que era colocada sobre a
paliçada do forte, simulando um nativo americano que , alcançando o topo
desta "parede", invadia-o.

Contudo, a figura original foi concebida para ficar no solo, em terra-firme, em
uma atitude de quem luta e se desvia (abaixando-se) de algum golpe.

A original Elastolin pode ser vista na foto e comparada a imagem do nosso
Pulador tupiniquim.

Veja que a nacional dificilmente se equilibra em superfície plana, um erro
claro de moldes.

 


Algumas figuras eram copiadas de maneira um pouco rudimentar, o que terminava por suprimir detalhes em algumas peças e alterava o equilíbrio (balance) em outras.

O Índio Lanceiro, cópia da Elastolin também, teve muitos belos detalhes
suprimidos na versão nacional.


A altura da peça original que foi usada para se tirar o molde cópia era 4 cm.


A Elastolin tem duas séries de figuras do velho oeste que diferem apenas no
tamanho (4cm e 7cm). As figuras são as mesmas, inclusive uma diligência
para os cowboys de 4 cm foi fabricada.


Esta é outra curiosidade a respeito da Casablanca. Não havia preocupação com a escala dos bonecos. Daí a disparidade em tamanho (escala) de suas figuras.


 

 


Por fim, o cowboy chamado aqui de Kid Kansas.
Outra figura pequena, que já foi feita por muitas empresas.

A origem mais provável é a Espanhola Reamsa.


Um "gunslinger" (pistoleiro) que apresenta as duas armas em punho,
formando um "L".


Abaixo as fotos das peças Reamsa e Casablanca.

(original)


(Casablanca ao centro)

 


Esta figura em particular não apresenta muita diferença de molde, cores ou
detalhes. É uma cópia mais fiel ao original, até na escala.


É isto para esta primeira parte sobre a origem das figuras nacionais.


Até o próximo capítulo


Carlos Barros





Comentários

Enviar comentario