VISITA A COLECIONADOR, MAIO DE 2017



Bem, amigos colecionadores, ainda estamos por aqui. O que não deixa de ser um milagre, dado o esforço de nossas autoridades, em todas as esferas de poder, para destruir o que ainda resta da economia Brasileira. Talvez atinjam seu intuito em breve, com um presidente tampão. Talvez tenham que esperar até a eleição de outubro de 2018. Mas, quando a destruição ocorrer, os políticos estarão ricos e com suas fortunas protegidas, juízes e procuradores terão seus salários e aposentadorias garantidos, e empresários bilionários corruptores estarão curtindo suas fortunas no exterior, livres, leves e soltos.

Mas vamos lá, agora em maio eu estava em São Paulo e recebi o gentil convite do colecionador Ronaldo Ognibene para fazer-lhe uma visita, o que aceitei com prazer. Compareci à sua casa, e lá estavam também os colecionadores Alberto Cruz (que eu não via há uns 13 anos) e Carlos Mariano. Foi uma agradável visita, com algumas horas de papo.

O Ronaldo é médico, colecionador de brinquedos de faroeste e leitor de Tex. Inclusive aprendeu italiano para poder ler Tex no original. Ronaldo se dedica mais ao colecionismo de brinquedos artesanais, muitos feitos por ele próprio, e outros feitos por terceiros. Na sua residência há um quarto destinado integralmente à coleção.

Vamos apresentar aqui algumas imagens da sua coleção.

O primeiro item, trabalho artesanal do próprio Ronaldo, é um Fort Saint John. Este forte de fato existiu no Canadá, e aparece em histórias de Tex Willer, quando ele vai ao Canadá atuar ao lado de Jim Brandon. O forte é feito de varetas, apontadas uma a uma. Seguem imagens:

Aqui figuras do universo Bonelli, e um pôster raro, nunca lançado no Brasil:

Figuras do conjunto Zorro:

A cidade, com forca:

O Chaparral – neste conjunto, feito artesanalmente pelo próprio Ronaldo, o que mais me chamou a atenção foi a casa, uma réplica fiel da casa efetivamente utilizada como cenário da série. Gostei bastante.

Uma Ponderosa artesanal:

O Forte Arizona – como disse, Ronaldo é médico, e utilizou seu instrumento de trabalho para produzir este forte artesanal:

O Acampamento Apache:

Aqui um Fort Baltimore, feito artesanalmente pelo Luiz Pagliarini:

E uma réplica do Grande Fort Apache Casablanca, também feita pelo Luiz Pagliarini:

Um dos filmes preferidos do Ronaldo é O Grande Búfalo Branco:

Desta forma, fez questão de ter na sua coleção um grande búfalo branco:

Lembrança da infância – as figuras branca e preta da imagem abaixo foram as únicas que restaram da infância do Ronaldo. E só sobraram porquê sua mãe as usava para o presépio.

Outros itens:

Eu havia gostado tanto da casa artesanal do conjunto Chaparral, e qual não foi minha supresa quando descobri que o Ronaldo havia feito uma para me dar de presente. Abaixo a imagem do momento da entrega:

Na imagem seguinte o Carlos Mariano e o Alberto Cruz:

Por fim, o Alberto havia levado consigo a figura do general da Gulliver que possui a cara do John Wayne. Esta figura já tinha sido mostrada em um texto anterior, mas foi muito bom poder examiná-la em minhas mãos:

Bem, espero que tenham gostado tanto quanto eu gostei. Muito obrigado ao Ronaldo por me receber. E aos amigos Alberto e Carlos por comparecerem. Alberto, obrigado também pelo presente.

Até a próxima, se ainda existir Brasil.

Marcos Guazzelli

Maio de 2017





Comentários

Enviar comentario

De: Jose A. Leme
Sempre uma maravilhosa volta a infância a cada matéria que vejo por aqui. Obrigado. Também gosto muito de Tex, coleciono desde os anos 70. Recomendo muito pra quem gosta de Western. Abraços.


De: Tadeu T. Mahfud
Obrigado por compartilhar mais um causo conosco! muito legal saber que tem mais gente "louca" que nem nós! Nos veremos em breve quando eu te visitar ai em Curitiba.


De: Stephan
Por falar em infância sadia, perdemos ontem o Adam West: https://omelete.uol.com.br/series-tv/noticia/morre-adam-west/


De: Marcos Guazzelli
Roberto, viajo a São Paulo em média duas vezes por mês. É só me passar seu e mail que agendamos a visita. Abraços.


De: Roberto Vasco
Que pena que não avisou que estaria em São Paulo, gostaria imensamente de poder mostrar minha humilde coleção e até quem sabe reunir vários colecionadores daqui que são seus fãs. Carlos Mariano é uma pessoa muito bacana a quem já tive o prazer de conhecer e fazer alguns negócios, pessoa maravilhosa, os demais conheço de nome e da excelente reputação que possuem no meio de colecionadores. Por fim Marcos, não querendo ser pessimista más realista, esse país ainda vai piorar muito, vamos demorar mais de uma década para a recuperação da economia, quanto ao povo, creio que que não tem mais jeito, o povo burro se procria em uma velocidade incompatível com o crescimento do país!!!


De: Cláudio Libânio
Parabéns ao Marco Guazzelli, sempre trazendo informações para lá de interessantes, parabéns também ao Ronaldo pela sua habilidade em produção, peças, fantásticas, e foi muito ver meu amigo Alberto Cruz nesta reportagem, um forte abraço a todos !


De: Wilson Assis
Pelo artigo se vê que nesse mundo ainda temos pessoas de bem. Mais um presente do Marcos Guazzelli a todos nós que temos um carinho especial por esses brinquedos que com o tempo só os tornam mais incríveis.


De: Tadeu Buono
Boa tarde Marcos Guazzelli ! É um prazer , mais uma vez , escrever um comentário no seu site ! Sempre aguardamos ansiosos por uma reportagem sua , pois nos leva a um passado delicioso , de nossa infância ! Excelente reportagem essa apresentada ! Maravilhas feitas artesanalmente , mas perfeitas ! Obrigado mais uma vez por esta oportunidade , e desejo a vc , um forte abraço , e mais uma vez , sem delongas , não deixe de nos presentear com suas reportagens !! Obrigado !!


De: Alberto Cruz
Guazzelli, foi um prazer te encontra lo. Não sabia que fazia tanto tempo que havíamos nos encontrado. Foi um prazer poder participar deste encontro com você, o Carlos Mariano e o nosso anfitrião Ronaldo. Bela matéria como sempre e como brasileiro esperamos por um Brasil melhor.


De: Carlos Mariano
Foi muito legal! Saudações aos amigos do Faroeste!