44 ANOS DE ESPERA



Amigos,

 

Este é o terceiro artigo que escrevo sobre o mesmo tema, “Fazenda Ponderosa”. Darei uma breve pincelada para quem não leu os artigos anteriores; Fazenda Ponderosa e Carta ao Papai Noel.

 

A Fazenda Ponderosa era para ser o meu brinquedo de Natal de 1968 mas às vésperas do grande dia acabei por trocar de pedido, e o meu presente passou a ser o Fort Apache.

 

Como meu pai não está mais aqui, eu nunca vou saber se esse brinquedo ficou alguns dias lá em casa e acabou sendo substituído.

 

Desde então, meio que sem querer venho juntando peças que faziam parte do “Rancho” Ponderosa (Bonanza *¹), até os dias de hoje.

 

Quando eu era criança, meu pai gostava em especial de festejar duas datas, o Natal e a Páscoa; nesta última era costume dele me presentear com um brinde juntamente com o saudoso ovo de chocolate da Sönksen. E foi numa Páscoa, talvez a de 69 ou a de 70, que ganhei os meus primeiros itens da Fazenda Ponderosa.

 

O presente continha 5 peças: 2 cowboys do conjunto Virginia City, 1 vaquinha e 1 cowboy com laço mais o cavalo da Fazenda Ponderosa (vide imagem abaixo).

 

Dos lançamentos da Casablanca, na minha opinião, a Fazenda Ponderosa era de longe o brinquedo mais rico, por ter no seu conjunto além de personagens e animais variados, uma infinidade de acessórios.

 

O tempo foi passando e fui adquirindo uma vaquinha aqui, uma ovelha ali, e quando dei por mim já haviam se passado muitos anos, e hoje tenho o meu brinquedo. Ainda não está completo, mas posso dizer que um dia, há 44 anos atrás, era o meu pedido ao Papai Noel.

 

                                

Presente de Páscoa 1969 ou 1970.                                                                  

Apenas o cavalo não sei se era esse,                  

as demais peças foram adquiridas na época.

 

A Fazenda Ponderosa era composta por:

 

- Base (2 partes)  88 x 65cm.

- 27 mourões.

- 78 travessas.

- 2 porteiras (1 com tabuleta e telhado).

- Casa principal.

- Cocheira.

- Cata-vento.

- 2 carroças (1 tração cavalos e 1 tração bois)

- acessórios em plástico (poço, bigorna, lampião (vide imagem)).

- acessórios em madeira (banco, banquinho (vide imagem)).

- acessórios diversos (sacos de aniagem, cordinha (vide imagem)).

- Animais domésticos diversos.

- Figuras de personagens.

Seguem algumas imagens:

 

 

- Uma variante - Casa principal sem chaminé e as tesouras*² na varanda.

- Cata-vento em madeira, também utilizado posteriormente pela Gulliver no Chaparral de 1973.

 

 

Os encaixes e os mourões do rancho, também foram utilizados no Chaparral de 1973, tanto na base de fita plástica verde, como nas “ripinhas” de madeira pintadas de verde (2 versões).

 

 

                                                                                                  

Eram muitos os acessórios que compunham o brinquedo Fazenda Ponderosa. Eis aqui alguns deles:

 

 

Além de acessórios de plástico desta imagem, haviam itens de madeira e “cordinha” que considero raros

 

 

Boas Festas a todos.

Miguel Cerrato Junior

mgl_crt@yahoo.com.br

 

(*¹) O brinquedo Fazenda Ponderosa era baseado no seriado de TV Bonanza, um faroeste de grande sucesso na década de 1960.

 

(*²) Tesoura, nome dado à estrutura que sustenta o telhado.

 

Comentários do editor do site.

 

Não resisto e entro aqui para dar palpite no artigo do Miguel.

 

Primeiramente, gostaria de parabenizar o Miguel pelo espetacular conjunto que ele montou. Pelas imagens fiquei com a impressão de que ele possui também o raríssimo Chaparral 1973.

 

Apesar de não gostar do seriado Bonanza (como já revelei no artigo sobre a série Chaparral), eu também sou fã da Fazenda Ponderosa. Infelizmente a minha ainda é super pobrinha e incompleta – possuo apenas a casa, o carro de boi e alguns animais, conforme imagens abaixo;

 

 

Neste mês de dezembro adquiri o conjunto Ponderosa Ranch da Breyer. Este é um conjunto oficial (licenciado), comemorativo aos 50 anos da série (completados em 2009). Adquiri dos EUA, e com correio e imposto de importação ficou mais caro do que se eu tivesse comprado direto da Brinqtoys, que está anunciando o conjunto no Mercado Livre.

 

É um conjunto bem bacana, com as figuras representando os quatro personagens da série, e cavalos pintados nas mesmas cores dos cavalos utilizados na série. Seguem imagens:

 

 

 

Num aspecto a Ponderosa da Breyer é bem mais realista que a Ponderosa da Casablanca. O conjunto das Breyer contém apenas os quatro personagens (o maior rancho do oeste não possuía cowboys, só o cozinheiro chinês...), enquanto o conjunto da Casablanca vinha com uma porção de cowboys.

 

 

Feliz Natal!

Marcos Guazzelli

Dezembro de 2012





Comentários

Enviar comentario

De: Sylvio Maia
O que parecia impossível, aconteceu. Ganhei uma Ponderosa de presente. Hoje, depois de um ano comigo, o conjunto está completo, brilhando na estante. Só postei este comentário, pois na época, adorei a matéria e nunca poderia imaginar que um dia teria essa raridade na minha coleção!


De: Paulo R. Silva Pereira
O primeiro brinquedo da Gulliver que tive, foi o Chaparral. Ainda me lembro de cada item e vê-los novamente foi muito bom, mesmo que tenha sido na tela de um computador!


De: Victoria
Olá!!! Eu gostaria de pedir sua ajuda! Meu pai amava esse seriado, e agora voltou a assistir no TCM todos os dias! Ele e os irmãos adoravam! Vc me mandaria um email? Gostaria da sua ajuda para saber onde encontrar!! vicksolon@gmail.com


De: Sylvio Maia
Juntar um set desse é muito difícil. Praticamente impossível. Um Chaparral avulso já é complicado, imaginem uma Poderosa. Parabéns mais uma vez!


De: Miguel
Amigo Marcos, Achei que o "espaço para comentários", era para comentar o artigo. Eu já ouvi falar em email, e você?


De: tadeu buono
Agradeço seu elogio e suas palavras , meu amigo Rogério Alves , mas por favor , uma retificação , meu sobrenome é " Buono " , e não " Bueno " . Obrigado pela atenção , um forte abraço .


De: Rogerioalves@rotmail.com.br
Tadeu bueno,muito bom o artigo.Cassiano eu também penso igual a você,mas não podemos desanimar.Um abraço a todos.


De: Tadeu Buono
Queridos amigos leitores e colecionadores , venho me desculpar perante todos , uma injustiça que cometi com Marcos Guazzelli , comentando que a minha Ponderosa Artesanal não estava sendo encontrada , e poderia ter sido deletada , " QUE É UMA INVERDADE , E UMA INJUSTIÇA QUE FIZ COM O MG " , a minha ponderosa artesanal encontra-se nos artigos diversos de maio de 2012 . Quem quizer ver , ou melhor , quem quizer ver outras fotos , entrar em contato com buono@policiamilitar.sp.gov.br , que lhes enviarei fotos mais detalhadas . Obrigado , e ao amigo Marcos Guazzeli , mais uma vez , inúmeras desculpas . Um abraço a todos .


De: Tadeu Buono
Quando era pequeno , tinha uma Ponderosa inteira , que perdi com o tempo , e agora que estou adulto , voltei a colecionar ítens de Forte Apache de novo . Eu mandei para o Marcos Guazzelli uma Ponderosa artesanal , que estava em um de seus artigos , mas não a estou encontrando mais , talvez tenha sido deletada , mas se tiverem oportunidade de verem , verão que é muito boa . mandei cópia de fotos para a brinqtoys e para a Nosthalgia também , para conhecerem , se realmente não houver qualquer problema com o artigo meu enviado ao MG , poderão também vê-la .


De: Sylvio Maia
Sensacional! Parabéns! Lindo o set e ótimo artigo. Gosto muito da Poderosa e do Chaparral. Pra mim, que sou pequeno no meio de vocês, só falta o sub conjunto para completar o Chaparral de 1976, a entrada (troncos,porteira, placa e telhado). Um dia eu consigo! Abraço! juninho.maia@gmail.com


De: Fausto
Parabéns Miguel, outro excelente texto!!


De: Carlos Eduardo Ambrogini
Como sempre os artigos do Bom Miguel Cerrato além de precisos são cheios de emoção . Sempre espero algum nessa época do ano .Por favor escreva sempre que puder . Forte abraço .


De: wagner de azevedo marques
Eu tambem nao gostava muito do Bonanza em meu tempo de criança mas era ligado no cavalo baio Cochise de Little joe !! E os cavalos da Breyer sao famosos no mundo inteiro ! Acabamos de acertar compra do Ponderosa feita na Espanha com as figuras tradicionais do seriado ! Decada de 60 ! Em madeira !


De: Luiz Paulo Pizzutti - SP
Miguel, bárbaro esse seu texto, creio que somos contemporâneos, e lendo-o fiz uma viagem ao passado, àqueles anos maravilhosos, onde tb experimentei as emoções dos presentes de aniversário e Natal, tão esperados durante todo ano. Deus te abençoe e a todos os seus.


De: Tadeu Mahfud
Linda estória e realmente um show de brinquedo. Eu não cheguei a ter ou brincar com nenhum dos dois, nem Ponderosa nem Chaparral, mas seguramente é um sonho de consumo pra minha coleção. A Ponderosa do MC tá um show!!! Guazelli, os primeiros bonequinhos ainda estão muito bem conservados, parabéns pelo esmero. Sobre o set atual eu só acho que eles podiam ter seguido o estilo da casa do Bonanza que a gente conhece do seriado, este celeiro ficou meio exagerado, mas vale a pena comemorar os 50 anos de Bonanza que pra mim será um seriado inesquecível.


De: Roberto Vasco.
Parabens Miguel, pela ponderosa, bacana,muito bem conservada,parabens tambem pela conservação das figuras que ganhou de seu Pai, essa lembrança é muito importante para conservação das raizes que nos temos e, principalmente para passar valores para nossos filhos,não se trata de materialismo, mas sim da lembrança de uma época maravilhosa que embora jamais volte, deixa em nossa consciência a emoção de um tempo maravilhoso.Com sua ajuda também estou montando um chaparral.


De: Marcos Faria / Angra/RJ
Mais espetacular artigo que nos enche de alegria e satisfação eternos agradecimentos ao Marcos e Miguel que compartilham a beleza das imagens e historias maravilhosas, como é um conjunto dificil vou tentar com o Luiz Pagliarini que um dia faça ao menos as casas para mim , muito obrigado a todos participantes do site continuem a nos brindar com seus relatos, felicidades


De: cassiano olegario
Lindo o artigo, faz a gente que lê voltar no tempo. Eu não conheçi a fazenda ponderosa só o chaparral, mas e´um conjunto que todo coleçionador sonha em ter . Eu penso que 44 anos e´muito tempo e exige muita dedicação. Realmente impressiona e nos incentiva a continuar coleçionando. Aos poucos eu vou completando o meu conjunto (como tantos outros coleçionadores), mas minha preocupação e´que destino terá minha preciosa coleção já que essa geração de agora não conhece e nem se interessa por nada ligado ao tema velho oeste. Será que anos garimpando peças para completar os conjuntos serão em vão???