EM BUENOS AIRES - NO RASTRO DO COLECIONISMO



Em agosto passamos alguns dias em Buenos Aires. Gosto muito de visitar esta cidade, pela sua arquitetura monumental, por seu comércio, pelos excelentes restaurantes, e pelos bons vinhos com preços justos. O ponto a lamentar é que a cidade está perigosa, com muita pobreza e violência, e cada vez mais os turistas precisam tomar cuidado – andar com pouco dinheiro, sempre atentos, deixar o passaporte no hotel, à noite só de taxi, etc.

Também gosto, claro, de procurar alguns brinquedos, sempre que possível...às vezes para comprar, às vezes só para olhar...

Desta vez fiz uma pequena peregrinação do colecionismo pela cidade, para compartilhar aqui com os leitores. Cabe ressaltar que o que vai abaixo é apenas uma pequena parte do que Buenos Aires oferece em termos de colecionismo. Tudo o que está mostrado pode ser visitado a pé, em algumas horas, à exceção da Feira de San Telmo, que ocorre apenas aos domingos e é mais afastada do centro.

A primeira loja visitada foi El Espejo Magico, localizada na Avenida de Mayo, 1320.

Esta é uma loja bastante interessante, pois combina brinquedos com artigos de colecionismo. Além disso, seus proprietários são simpáticos e atenciosos.

Nesta loja é possível encontrar figuras (DSG e outras), fortes e castelos de madeira, Playmobil, ferromodelismo, plastimodelismo, Forces of Valor, entre outras coisas interessantes. Na Argentina ainda há produção local de Playmobil, e recentemente relançaram a série Western, com os seguintes itens: Banco, Saloon, Delegacia, Hotel, Forte Randall, conjunto de índios, diligência, carroça, além de figuras avulsas. Comprei alguns itens nesta loja, que aparecem na sequência de imagens. Não comprei mais porque não havia espaço para transportá-los para o Brasil. Vale a visita.

Na imagem abaixo minha esposa está com a mão na caixa do forte, com instruções para reagir caso alguém queira pegar...

Falando em Playmobil, segue a dica de um interessante site sobre o tema: http://www.collectobil.com/catalogue/catalogue.html

Sei que muitos leitores não apreciam Playmobil, e preferem as figuras estáticas. Eu também prefiro, mas gosto muito de Playmobil.

A parada seguinte foi na loja D&D. Uma loja que também combina brinquedos com colecionismo. Muitas miniaturas de carros, e um impressionante estoque de kits plásticos (que gosto de admirar, mas que não tenho talento para montar). Esta loja fica na Rua Marcelo T. de Alvear, 1621. Seguem imagens:

A parada seguinte foi na loja Hobby Mundo. Eu já recomendei esta loja em artigos anteriores. Ela era ampla, com várias vitrines, e ficou por muitos anos instalada na Avenida Córdoba. Em julho de 2011 eles mudaram para uma rua próxima, mas num espaço muito mais acanhado, sinal que os negócios não vão bem.

Nesta loja há figuras plásticas (DSG), figuras de chumbo, ferromodelismo, plastimodelismo (com belos conjuntos da guerra civil americana), conjuntos da Rasti (saudades da Hering-Rasti), entre outras coisas. O novo endereço da loja é Rua Esmeralda, 757. Seguem imagens:

Nesta loja encontrei um diorama do Little Big Horn (imagem abaixo). Custava 1.200 pesos. Eu já havia comprado várias coisas em Buenos Aires, mas bem na hora de comprar este diorama a administradora do meu cartão de crédito negou aprovação para a compra. Será que eu andei dando golpes na praça e não sei? Mas, enfim, entre as minhas diversas esquisitices ... uma delas é acreditar em destino, de forma que concluí que era um sinal de que o conjunto não deveria ser meu, e não comprei ... ficou apenas a imagem, de recordação:

Sobre o Little Big Horn há um artigo específico na atualização deste mês.

A próxima parada da nossa jornada foi numa galeria que fica na Rua Lavalle, 752. Nesta galeria há diversas lojas de colecionismo. A maior delas é a Top Gun, voltada para o plastimodelismo. Também tem a The Hobbie Store (Forces of Valor), três lojas dedicadas somente a autoramas e uma de super-heróis. Vale a visita. Seguem imagens:

Na Top Gun encontrei a bela diligência da imagem abaixo, a qual, após montada, tem 76 centímetros de comprimento. Ah, se eu tivesse talento para montar esses kits...

Há duas galerias subterrâneas que cruzam a Avenida Nove de Julho, na altura do Obelisco, uma “norte” e uma “sul”. É uma galeria bem popular, com muita gente e, confesso, dá até um pouco de medo ao passar. Contudo, na galeria “norte” há uma pequena loja de brinquedos antigos. O proprietário é muito simpático, fala português e conhece bem Curitiba. Seguem imagens abaixo, incluindo a bela carroça de madeira que adquiri:

Na Rua Tucuman, 917, se esconde um pequeno tesouro que, pelo nome, pode até enganar os colecionadores. O nome da loja é Numismática Buenos Aires. É tão discreta que não possui nem placa na frente, sendo fácil de passar pela calçada e nem notar a loja. Mas, com o endereço em mãos não tem como errar. E não dá para não visitá-la. Seguem algumas imagens:

Nesta bela loja meu bolso ficou um pouco mais leve do que já estava...

A seguir, algo que achei bastante interessante. Uma empresa chamada Modelex S.A. (indústria argentina, não chinesa) lançou conjuntos de faroeste. As figuras (sem pintura) são quase todas modelos também produzidos pela Casablanca e Gulliver nos anos 60/70, e a cabana de índios é a mesma cabana do chefe produzida pela Casablanca para o Acampamento Apache. Encontrei esses conjuntos nas lojas El Mundo Del Juguete, que possuem várias filiais na cidade. Segue imagem:

Feira de San Telmo

A Feira de San Telmo é realizada aos domingos, na Praça do Rego. É uma feira de antiguidades. Sempre chego cedo (antes das 9 horas), mas a feira se estende até o final do dia. Como acontece em todas as feiras de antiguidades, às vezes damos sorte e encontramos coisas interessantes, enquanto em muitas outras vezes não encontramos nada. Já estive várias vezes nesta feira. A vez que tive mais sorte foi na primeira visita, em 2006. Naquela oportunidade havia em uma das bancas uma prateleira inteira de carroças do faroeste. Arrematei toda a prateleira. Nas oportunidades seguintes nunca mais encontrei tanta fartura de itens de faroeste. Mas sempre se acha alguma coisa. Nesta última oportunidade adquiri algumas poucas figuras e um antigo revólver de espoleta, Mustang, que veio num coldre de couro. Seguem algumas imagens da feira:

Até a próxima!

Marcos Guazzelli

Setembro de 2011





Comentários

Enviar comentario

De: Dalton Araujo Lima
Vai me auxiliar bastante essas dicas. Quando for em Buenos Aires com certeza vou visitar todos estes endereços, e quem sabe, conseguir boas aquisições.


De:
D&D e Hobbymundo fecharam. Top Gun e Numismatica Buenos Aires ainda funcionam. Na Feira de San Telmo, muitas figuras Timpo (medievais, cowboys e indios). Vi um Fort Custe, tem menos da metade do tamanho de um Mini Fort Apache Gulliver e os palitos na posição vertical.


De: serginho
Algumas ainda existem,outras fecharam, vale a pena ir garimpar miniaturas,preço muito bom, não troque dinheiro no brasil deixe pra trocar lá,aqui pra cada real paga 2 pessos,lá paga se 4 pessos.


De: Pedro Carraro
Prezado Marcos Guazelli: viajo esta semana para lá, espero que as lojas ainda estejam no mesmo endereço... Obrigado pela postagem, ajudou muito no roteiro!


De: WAGNER
estou indo pra la !!! ja anotei seu roteiro ... super legal mesmo ! abraços meu amigo !


De: Roberto Tenorio
Em algum destes lugares, você achou coleções de bonecos, como GIJoe, Super Powers, Marvel, He-man, etc...?


De: josé carlos
caramba.isso é um paraiso.


De: Eduardo (Santos)
Achei este espaço meio sem querer e curti demais! O diorama acima, da batalha de Little Bighorn, é uma peça do fabricante espanhol Andrea Miniatures. Ela é feita em chumbo, e as figuras vem desmontadas e sem pintura. Pode vê-lo aqui: www.andrea-miniatures.com e www.redlancers.com . Este conjunto, desmontado e sem pintura custa em média US$ 150,00 . Abçs.


De: Carlos Nebot ( Barcelona)
muito bom esse articulo de Argentina,parabems!!


De: Marcos Guazzelli
Luiz Henrique e demais leitores - quando encontrarem coisas assim pelo Brasil ou pelo mundo tirem fotos e mandem para publicarmos. Abraços.


De: Luiz Henrique Nicolazzi -Joinville -SC
Marcos: sou fã de seu site e coleciono alguma coisa.Em viagem a Buenos Aires meu hotel era Al Porteño, Tucuman , 912.Eis que ao chegar me deparo com a loja citada por ti na frente do hotel.Foi muito legal pois veio aquela saudade e nostalgia em um momento de surpresa inesperado o que é muito legal.Se você viu e pela sua foto, ainda estão na prateleira alguns modelos de cavaleiros da guerra civil americana, feitos provavelmente de chumbo, que estão entre os modelos mais bem feitos que já vi.


De: Richard Kyaw
Buenos Aires é realmente incrível para quem coleciona brinquedos em geral - eles dão muito valor a isso. E aqui no Brasil...tá cada vez mais complicado. Todas as lojas de raridades que conhecia, fecharam. De modelismo, também. O último a desistir foi o meu amigo Marcos, aqui da Tijuca, Rio de Janeiro. Vendia comics raros, brinquedos antigos, linha "vintage" em geral. Aguentou anos...até que não deu mais. É triste!


De: Tadeu Mahfud
Ótima matéria, adoro san telmo, já fui lá também faz tempo, preciso voltar em breve. O bom é que tenho parentes em BA o que ajuda no bolso e sobra mais para toys..


De: Jean Carlos C.
Agradeço por compartilhar conosco, leitores, os detalhes de sua viagem. Quanto mais eu vejo a variedade e qualidade dos brinquedos, DVD's, livros e gibis disponíveis no exterior, mais e mais me convenço do quanto o Brasil se tornou um país chato e preguiçoso nos últimos 20 anos, também no ramo de entretenimento. Aqui não se produz (ou ao menos se importa) nada de interessante! Tudo é caro e/ou difícil de se encontrar! Um abraço a todos.


De: Raul Aguiar
FANTÁSTICA REPORTAGEM!DEU ATÁ VONTADE DE IR LÁ!ESSA VINHETA DE LITTLE BIG HORN,É DE UMA MARCA CHAMADA ANDREA.JÁ TENTEI COMPRAR,MAS É MUITO CARO.AS FIGURAS SÃO DE METAL E VÊM PRA MONTAR E PINTAR. PARABÉNS MARCOS,ABRAÇO, RAUL