ACONTECEU TUDO NUM SÓ DIA



Em dezembro de 1974, estava eu com o meu pai no tradicional passeio de Natal.

Na rua Direita, bastante famosa no centro de SP, localizavam-se as Lojas Americanas (está até hoje está no mesmo endereço), e foi nela que vi um dos lançamentos da Gulliver daquele ano, o conjunto “Planície Selvagem”.


Tenho comigo um aliado, a minha memória, e quando olhei para dentro da caixa fiquei maravilhado com o brinquedo.


O que vou redigir a seguir pode ser que cause polêmica, inclusive do ano em questão, porém no conjunto que vi, além de caçadores, índios, cavalos e bisões (búfalos), havia ursos. E quanto ao ano, falam que o lançamento ocorreu 1973 bem como o conjunto “Os Apaches”, ainda assim os conheci a partir daquele ano.


O meu presente de Natal já estava escolhido, era a caravela Santa Maria da Revell (vide imagem abaixo), então tive de me contentar com algumas figuras que vendiam separadamente dentro de caixinhas a $ 2.50 cada e as com cavalo, que vinham em saquinhos (imagens abaixo).


Saí todo contente da loja e continuamos o nosso passeio a pé, passamos pela Praça do Patriarca para visitar alguns presépios, cruzamos o viaduto do Chá de onde se avistava a loja Mappin, já extinta, com sua gigantesca árvore de Natal feita de lâmpadas coloridas.


Entramos no tal magazine para ver uns brinquedos, e logo após fomos à Alameda Nova Barão, travessa que ficava entre o Mappin e a Praça da República.


Andando pelo calçadão, o meu pai, que sempre gostou de trem elétrico, embora nunca tivesse tido um, parou na vitrine de uma loja onde havia diversos trens de brinquedo.


A loja se chamava “A Miniatura” (atualmente no Shopping Center Ibirapuera, desde 1976). Entrei na mesma e fui seguindo a vitrine quando me deparei com uma porção de figuras da Timpo.


Se eu já tinha saído contente das Lojas Americanas, agora então, vendo soldadinhos que nunca tinha visto, como: romanos, cavaleiros, vikings...


Um mundo diferente, bonequinhos em que escudos e espadas eram soltas e os “revolvinhos” então, encaixavam nos cinturões! Era tudo que eu queria.


Não pudemos sair da loja sem comprar nada, e meu pai então me comprou um centurião romano (foto) a $ 5.00. Figuras com cavalo custavam $ 15.00 e com sela de cavaleiro $ 20.00.

Daí para frente esqueci que a Gulliver existia, parei de pedir brinquedos de Forte Apache, e comecei a pedir nos aniversários e Natais seguintes brinquedos da Timpo e, por que não dizer, da Britains também.


Hoje me arrependo do tal “esquecimento”, foi uma faca de dois gumes, pois se isto não tivesse ocorrido, na minha coleção com certeza constariam conjuntos daquela época e, em contrapartida, não teria peças inglesas no meu acervo e nem o gosto por elas que tenho hoje em dia.


O meu último brinquedo da Gulliver ganhei no dia das crianças de 74, e foi o conjunto Kung Fu que sumiu misteriosamente da casa da minha mãe há aproximadamente 10 anos.

Presente de Natal de 1974:


 

Todas estas figuras eram vendidas individualmente em caixinhas, e pertenciam aos conjuntos “Os Apaches” e “Planície Selvagem”:


 

 

 

 

 

Pertencia ao conjunto “Os Apaches”.

- lança não original.


 

Pertencia ao conjunto “Planície Selvagem”.

- o laço está conservado até hoje.


 

Pertencia ao conjunto “Planície Selvagem”.

- vide complemento (foto).


 

- costas: esquerda plástico rígido e chapéu colado, direita furo nas costas e chapéu de encaixe.


 

Pertencia ao conjunto “Planície Selvagem”.

- lançado posteriormente em plástico maleávl,l na última versão do conjunto “Chaparral”.


 

Curiosamente não vinha em nenhum dos dois conjuntos, porém veio no mesmo saquinho com os outros dois caçadores a cavalo.

- lançado posteriormente em plástico maleável, na última versão do conjunto “Chaparral”.


 

1ª figura Timpo da minha coleção.

Motivo do esquecimento da Gulliver.


 

Kung Fu.jpg

Presente do dia das Crianças de 74.

Figura do Kung Fu que restou do meu conjunto de mesmo nome.

- com o chapéu faltando, ela estava dentro da caixa do Tarzan que por sua vez estava abaixo da caixa do Kung Fu.

- só para constar, o brinquedo já foi exposto neste site, no meu tinha os mesmos cowboys, com a diferença que vinham as duas figuras de cowboys com banquinho (em pé e agachado).


 

Abraço a todos.

Miguel Cerrato Junior

mgl_crt@yahoo.com.br

 

Nota do editor do site: todas essas figuras apresentadas acima estão tão bem conservadas que desconfio que o Miguel possui uma máquina do tempo em casa, e não está querendo nos contar...





Comentários

Enviar comentario

De: Jean Carlos C.
Meus sinceros parabéns ao Miguel Cerrato por tudo: pelas excelentes informações, pelas saborosas recordações e pelas belíssimas imagens. Um dos melhores artigos já publicados em um site que prima pelo alto nível. E é realmente de impressionar o magnífico estado de conservação dos seus brinquedos. Quisera eu ter tido esse cuidado!... Um grande abraço.


De: cassiano olegario
Eu acredito em voçê Miguel, afinal pairava uma duvida enorme quanto ao conjunto Caçada na Neve, e de repente surge a imagem que confirma a existência do conjunto. Talvez daqui ha algum tempo alguem encontre uma foto antiga ou mesmo a imagem do planicie selvagem com os ursos. Um abração, Cassiano.


De: Jose Antonio Rocha
Muito bom, O mais engraçado è a coleção de manuais da Dysney editados pela editora Abril...Tenho tambem uma coleção dessas ainda Se bem que já perdi alguns items pois tambem desasapareceram misteriosamente...Só digo isto, pois sou Português e acho engraçado partilharmos a mesma coleção.....


De: clinica.basile@terra.com.br
... fantastico, me lembro de ter economizar duas semanas para comprar estes soldadinhos da timpo em 1972 em Porto Alegre em uma travessa da Rua da Praia ... os preco eram os mesmos


De: Luiz Paulo Pizzutti
Pô Miguel, vc me remeteu ao passado, pois percorria as mesmas ruas e lojas e via os mesmos brinquedos. Talvez até tenhamos nos esbarrado algum dia. Parabéns pelas reminiscências.


De: Dinilson
Lembro das figuras e acho que as comprei em separado nas LA. Por outro lado, não consigo me lembrar das caixas. Acho que as LA retiravam as caixas e expunham as figuras em prateleiras de vidro. Isso eu lembro. O plástico era bem duro e quebrava com facilidade. Boa a foto dos manuais da disney. Tinha aqueles e comprei depois no ML. Valeu a memória!


De: Richard
Ganhei exatamente a mesma caravela Santa Maria da Revell nesse mesmo ano de 1974 - e fiz a minha mãe montar para mim!! (Tenho duas dessas, mesma caixa, que comprei no Ebay só pela saudade!). Outra coincidência: a minha primeira figura da Timpo foi exatamente esta! Esse romano, com o qual brinquei muito, e tenho até hoje! O primeiro Timpo...ninguém esquece! E muito legal rever essas caixas da Gulliver - direto do Túnel do Tempo!


De: cassiano olegario
Lindissimo esse caçador com mosquete, e deve ser raro pois não me lembro de ter visto entre os personagens dos amigos colecionadores!!!


De: Fausto
Parabéns Miguel pela história, pela memória e pelo artigo. Abraços.


De: Tadeu Mahfud
Simplesmente maravilhosa estória. Uma viagem no tempo sem dúvida. Me imaginei atravessando o viaduto do chá. Quando vou a SP eu saio a pé pelo centro velho olhando as construções antigas e pensando se ainda não acho nada esquecido no tempo..kkkk, mas SP já "raparam" tudo né Cerrato? At