DIVERSOS - JULHO 2011



1. Aniversário

A virada de julho para agosto de 2011 marca o sexto aniversário do site. Foram seis anos de muito trabalho, mas passaram tão depressa que a sensação é de que foram apenas seis dias.

Nesses seis anos foram percorridas dezenas de milhares de quilômetros em viagens, foram visitadas lojas, feiras, colecionadores, enfim, muito trabalho. Mas todas as informações obtidas nesta andança toda sempre foram disponibilizadas aqui no site, para que estivessem acessíveis a todos os apreciadores de brinquedos de faroeste, e de outras coisas ligadas ao gênero faroeste.

Apesar do retorno em comentários ser pequeno (como geralmente é na internet, sites com milhões de acessos têm apenas centenas de comentários), considero as atualizações bimestrais do site como uma oportunidade para me encontrar com todos aqueles que compartilham o mesmo gosto que eu.

Agradeço especialmente àqueles que contribuem com textos, imagens e informações para o site. Lembro, é só com o auxílio deste pessoal que consigo manter o site atualizado.

E quais são as novidades para marcar o sexto aniversário?

São duas:

A área de comentários dos artigos foi ampliada para comportar até 300 caracteres em cada comentário;

Uns 10% dos leitores do site já são internacionais, mas basicamente de Portugal e Espanha. O idioma português é um limitador para o crescimento internacional do número de leitores. Desta forma, a partir deste mês o site passa a contar com uma área com textos em inglês. Será publicado um texto a cada atualização bimestral, sempre com material já anteriormente publicado em português.

2. História

Confesso que nunca procurei descobrir exatamente quando este tipo de brinquedo (cavalos, figuras) surgiu no mundo, mas sempre achei que, na forma como os conhecemos, haviam surgido ali pela década de 1930.

O colecionador Pedro Pacheco está realizando pesquisa para publicação de um livro sobre a história da família Pacheco, e acabou se deparando com o livro “Centenário da Cidade de Rio Negro”, do ano de 1928. Neste livro havia a imagem abaixo. Observem a imagem.

Viram alguma coisa? Observem junto ao pé da cadeira da criança. Lá estão dois cavalinhos.

Naquela época, com certeza, não havia indústria de brinquedos no Brasil que produzisse este tipo de item. Portanto, eram importados. Com as dificuldades logísticas da época, era necessário que fossem bastante populares no exterior, para virem bater aqui no Brasil.

Esta imagem muda a minha convicção inicial (década de 1930) para pelo menos uma década antes (década de 1920).

3. Moldes

O Deivid Finamore enviou a imagem abaixo, que é interessante porque nela podemos ver como são os moldes de figuras.

4. Mistério na selva

O mesmo Deivid me enviou as imagens abaixo, de catálogos da Gulliver, e que estão publicadas no site superherois-br.com. A primeira é do conjunto Tarzan.

A segunda é do conjunto Fantasma.

O mistério está nesta segunda imagem. Este trono do Fantasma existiu mesmo, ou só foi produzido para ilustrar a foto do catálogo?

Complemento – a questão acima foi escrita antes do envio do texto África Misteriosa – Tarzan, pelo Miguel Cerrato. A questão está respondida lá. Eu nem sabia que ele iria escrever sobre isto. Pura transmissão de pensamento.

5. Swoppet Elastolin

O Ricardo Pirilo enviou imagens do catálogo de figuras Swoppet da Elastolin. Não, não foi erro de digitação, eu escrevi swoppet Elastolin mesmo. Não fazia a menor idéia de que a Elastolin havia produzido este tipo de figura.

6. Curiosidades enviadas pelo colecionador Richard Kiaw

O Richard me “inundou” com imagens interessantes, e eu não tenho como não mostrá-las aqui.

Vamos lá. A primeira imagem é do Tarzan da Cherilea, sendo que na base está datado como 1966. É baseado no ator Ron Ely, do famoso seriado.

A segunda imagem é de um raríssimo jogo da Timpo, cujo objetivo era atingir e derrubar cowboys, como num duelo.

A imagem seguinte é da Timpo, figura do cowboy marcando gado:

A imagem seguinte, também da Timpo, é do totem de tortura:

As duas imagens seguintes são da caixa da cidade do velho oeste da Timpo. As casas eram de montar, e cada uma vinha em um saco.

A imagem seguinte é do conjunto Safári da Elastolin:

A imagem seguinte é de uma diligência da marca Dulcop:

Bom, há outras imagens de itens interessantes, mas essas ficam para a próxima atualização.

7. Revólver artesanal

Neste último bimestre não recebi imagens de trabalhos artesanais suficientes para justificar um artigo específico sobre o tema. Recebi apenas a imagem do belo trabalho do Luciano Santos, que faz revólveres de madeira. (Luciano_thunderbolt@hotmail.com)

8. Visita a São Paulo

Estivemos em São Paulo entre 22 e 24 de julho. Dia 22 fomos conhecer a Loja Coleciona Brinquedos (Rua Augusta, 2299). A loja é muito bacana, tem até itens de faroeste (Schleich e Papo). Mas o acervo de produtos nas linhas de miniaturas de carros, bonecos, super-heróis, Star Wars, Lego, etc. é simplesmente fantástico. A loja possui dois andares cheios de coisas interessantes. Vale uma visita. E uma recomendação – vá preparado ($$$), pois não há como sair de lá de mãos vazias. Seguem algumas imagens da visita.

Sábado pela manhã é sempre dia de visita à feira de antiguidades da Praça Benedito Calixto. Nesta oportunidade, contudo, não vi nada que me estimulasse a gastar dinheiro. Seguem algumas imagens:

No artigo “Aconteceu Tudo Num Só Dia” o colecionador Miguel Cerrato menciona uma loja que marcou sua infância, chamada “A Miniatura”, e informa que desde 1976 a loja está localizada no Shopping Ibirapuera. Eu li o artigo antes da publicação e fiquei curioso, achei que A Miniatura tivesse se mantido como uma loja de colecionismo, como a Coleciona Brinquedos, mencionada acima. Fui visitá-la no sábado à tarde, mas fiquei frustrado, não é mais uma loja de colecionismo.

Domingo pela manhã é dia de ir na feira do MASP. Mais uma vez, não encontrei nada de interessante, acabei comprando apenas um View Master. Seguem algumas imagens:

Bom, é o que eu tinha para contar.

Até a próxima,

Marcos Guazzelli

Julho de 2011





Comentários

Enviar comentario

De: Jean Carlos C.
Caro Marcos, meus sinceros parabéns pelo 6º aniversário do seu site, que acompanho desde o começo. Foi motivado pelos estupendos artigos aqui publicados, que despertaram doces memórias de infância, que iniciei uma coleção de brinquedos de faroeste - ainda modesta, mas pela qual nutro grande carinho. Mais uma vez parabéns, e que Deus lhe abençoe em sua jornada. Um abraço.


De: Pedro Pacheco
Estou pegando o endereço na Rua Augusta, espero que esteja aberta no sabado a tarde ou domingo.


De: Anibal Cristiano Haddad
Olá pessoal! Embora eu acompanhe o B.F. direto, fazia tempo que não participava, mas lendo sobre o TRONO DO FANTASMA não pude ficar quieto. Ele existiu sim e brinquei muito com ele, infelismente não era meu, era de um grande amigo de infancia, que ganhava tudo quanto era conjunto da Gulliver, inclusive o conjunto Fantasma que vinha com o trono da caveira que era em PLASTIFORM. Ps.: Marcão um grande abraço.


De: Dinilson
Ansiosamente aguardo as atualizações deste site. Já se tornou parte de meus interesses na internet. Obrigado pela sua manutenção.


De: Alexandre Berni Nunes
Parabéns, Marcos!


De: Tadeu Mahfud
Obrigado Guazelli, por sua iniciativa de ter um site e manter um site de brinquedos de faroeste. Com Certeza o teu site tbm me ajudou a tomar a decisão de colecionar este tipo de brinquedo e relembrar minha infância. E que venham mais aniversários.


De: Guinther Wottrich
Parabéns Marcos Guazzelli. Mais um ano do site, recheado com muitas informações, imagens e muita emoção... OBRIGADO E PARABÉNS !!!