PINTURA CASABLANCA E GULLIVER



Caros Amigos Colecionadores,

    

No site Galeria dos Brinquedos, há anos atrás, comecei a explanar sobre um assunto que se referia à pintura usada nas figuras Casablanca e, posteriormente, nas da Gulliver.

    

Deixando de lado o fato de que a Casablanca distribuía a suas figuras na vizinhança para serem pintadas, este artigo em sua essência, chega a ser interessante se formos comparar com a pintura de boa parte das figuras Elastolin (fábrica alemã).

     

Nada contra a pintura da Elastolin, muito pelo contrário, acho-a excelente, uma das melhores em se tratando de figuras desde a época da 2ª guerra mundial quando eram feitas de massa. Só que a partir de uma determinada época, as figuras de uma mesma posição são exatamente iguais no que se diz respeito também à pintura, cada detalhe sendo pintado na mesmíssima cor.

    

O mesmo não acontecia com a Casablanca.

     

Amigos vivem me indagando a respeito das figuras repetidas na minha coleção. Digo sempre que ter uma figura repetida é uma questão de ponto de vista, uma vez que não podemos deixar de lado a pintura como um todo.

    

Para entenderem melhor, vejam este exemplo:

À primeira vista parecem iguais.

   

Em grande parte das figuras Casablanca eram usadas pelo menos oito cores diferentes, sendo elas brilhantes ou foscas.

    

Por vez ou outra encontramos figuras exatamente iguais, às vezes só um “detalhezinho” é diferente, um mocassim, um cocar ou mesmo um cinturão.

   

Inicialmente a Gulliver também tinha a mesma proposta de pintura, embora sem o mesmo preciosismo que a Casablanca. Depois começou a copiar as fábricas espanholas também no que se refere às pinturas, fabricou a cavalaria em plástico azul para facilitar o acabamento, usando pouca variação de cores, como: preto, branco e amarelo.

     

Por último a Gulliver “descobriu” as cores: preto, azul e vermelho. Praticamente toda a produção era pintada nestas cores. Vejam:

Infelizmente a Gulliver “acabou” desta maneira.

    

Nota do editor do site: há uma saudável polêmica sobre estas figuras ao final do texto.

    

E por falar em Cavalaria, inicialmente a proposta é mostrar a evolução da pintura nos meados dos anos 60 com a Casablanca, até o final dos anos 70 com a Gulliver.

   

Nas imagens entende-se, da esquerda para direita uma linha do tempo, onde figuras com a letra “C” são Casablanca e por sua vez com a letra “G” são Gulliver. (*}

Figura 02 – Coronel

Curiosidades:

- Em 1968 quando ganhei de Natal o Fort Apache, para mim este era o Rip Master.

Figura 03 – Soldado

Curiosidades:

- Esta figura no meu Fort Apache, quando criança, representava o Sargento Biff O’Hara.

Figura 11 – Tenente Rip Máster

Figura 12 – Cabo Rusty

Curiosidades:

- Esta figura compunha conjuntos da Trol como: Super Fort Rin Tin Tin, Fort Rin Tin Tin e Fort Sioux (este último não sei precisar quem o fabricava).

Figura 144 – Tenente Confederado

Desculpas:

- A figura Casablanca está quebrada, é a única que possuo.

Figura 145 – Confederado

Figura 146 – Confederado

Figura 147 - Confederado

Figura 148 – Cabo Rusty

Curiosidades:

Erro da Casablanca, esta figura vinha no Fort Apache Grande, contudo veio no meu Fort que era o de tamanho Standard.

Figura 149 – Confederado

Figura 150 – Confederado

Figura 151 – Confederado

Figura 152 – Confederado

Figura 153 – Confederado

Figura 154 – Confederado

Figura de Oficial

Curiosidades:

- Esta figura não consta no catálogo da Casablanca.

- Embora tenha sido feita em várias fases da Gulliver, nunca vi uma fabricada em plástico azul.

- Ela vinha no conjunto “A Conquista do Oeste”.

Figuras de Soldados

Curiosidades:

- Estas figuras não constam no catálogo da Casablanca.

    

(*) – Houve uma fase da Gulliver que a cavalaria era pintada na cor cinza para fazer uma alusão aos confederados propriamente ditos.

   

Espero que tenham apreciado.

  

Abraços.

   

Miguel Cerrato Junior

mgl_crt@yahoo.com.br

    

Julho de 2010

    

Nota do editor do site: Como mencionei acima, formou-se uma saudável polêmica em relação às figuras apresentadas na seguinte imagem:

O Miguel, autor do artigo, as classificou como Gulliver. Eu acredito que sejam Trol ou Viocema.

     

O Miguel alertou que as figuras da Trol eram feitas em plástico avermelhado, conforme abaixo:

    

  

De fato, também tenho essas figuras em plástico avermelhado.

     

Em se tratando de história dos brinquedos de faroeste temos pouquíssimas fontes oficiais de informação. Então, geralmente temos que recorrer às nossas memórias para reconstruir a história, e este é um objetivo do site – deixar registrada a memória dos colecionadores. Mas memória também é uma coisa traiçoeira. Por exemplo, quando adolescente assisti e gostei da novela Ti Ti Ti. E afirmava com segurança quando alguém perguntava: “Ti Ti Ti foi ao ar em 1987”. Minha memória era convicta. Agora, por conta da nova versão da novela, fui pesquisar na internet e descobri que Ti Ti Ti foi ao ar em 1985, e terminou em março de 1986...

     

Desta forma, fica aí a polêmica em relação ao fabricante dessas figuras. Quem sabe os leitores nos auxiliam com seus comentários?

     

Marcos Guazzelli





Comentários

Enviar comentario

De: MAURICIO/ DE CHARQUEADA SP
MINHA MÃE E MINHA TIA E IRMAS PINTARAN MUITO ESTAS FIGURAS DA GULIVER E TENHO ATE HOJE MUITAS GUARDADAS , NOS MORAVAMOS EM SÃO CAETANO PROXIMO A GULIVER NOS ANOS 60 E70


De: cassiano olegario
o que me chama muito atenção não e´tanto a pintura mas e´a variação de posições de uma mesma figura, colocando as figuras como o MG fez dá pra notar isso muito bem. Será que a figura trabalhava ao sair da fôrma ??


De: marcos antonio stivale
Com todo o respeito, ouso discordar do amigo Miguel. Em 1974, ganhei um Fort Rin Tin Tin (Trol), no qual a maioria das figuras eram em plástico não avermelhado. Elas tinham a tonalidade das figuras mostrada acima das avermelhada. As demais vieram em plástico azul (cowboy atirador, pistoleiro, coronel e tenente Rip Master)


De: André
As figuras polêmicas são da Gulliver. Ainda tenho alguns desses bonecos e na base do índio está escrito "gulliver".


De: Luiz Pizzutti
Nos Salões da Criança de 64 a 65 a Casablanca montou um Forte Apache para a criançada, com os cjs montados dentro e distribuição de brindes na entrada


De: Luiz Pizzutti
Cabo Rusty(fig 12)que eu tenho uns 5 com mais uns 5 rin-tin-tins,eram exclusivos e ganhei todos de brinde- Salão da Criança 1964 - stand Casablanca.


De: pinturas!!! diferentes..2º
por esse motivo, sempre aparecian figuras con diferentes cores o detalles de pintura,nao era producido em serie na fabrica,dependendo da mostra.NEBOT.


De: pinturas!!! diferentes..
no caso da Espanha... todos os fabricantes ( a maioria) facian as pinturas fora da fabrica!! eran enviadas a casas particulares onde a mulher.pintaban


De: Tássilo Campos
Olha só, acho que as figuras polêmicas são da trol, pois veio no meu forte rin tin tin na época, e as tenho até hoje, e são exatamente essas, abraço


De: Dinilson
Acho que a cor do plástico que predominava nas figuras da Troll era a branca. Mas são 30 anos ou mais de memória, e só memória.