O FAROESTE DA TIMPO – CASAS



No artigo anterior falei sobre os “fortes” da marca “Timpo” – uma das minhas paixões em brinquedos de faroeste.  Hoje vou tentar contar para vocês um pouco da história das casas que abrigavam das intempéries os cowboys que “moravam” nos playsets da empresa!

A primeira linha de casas de faroeste, em plástico rígido, surgiu – ao que eu saiba – em 1970.  Para mim, são até hoje os mais bonitos exemplares do gênero já lançados, tanto pela variedade quanto pelas perfeitas proporções em relação aos bonecos da linha “swopet” (moldados em cor), formando conjuntos bem interessantes e coloridos.

As casas dessa primeira leva vinham em conjuntos individuais e em playsets completos de cidades.  Aqui algumas imagens para vocês: Este é o “Marshal´s Office”, ou casa do sherife.

Aqui uma foto do “Marshal´s Office” da minha coleção. É a casinha amarela, atrás da carroça:

As casas vinham desmontadas nas embalagens, vindo sempre acompanhadas de uma ou mais figuras, como podemos observar aqui em uma imagem que mostra o conteúdo completo de um conjunto “Marshal´s Office”:

Bom mesmo era ter uma mesada gorda o suficiente para bancar o conjunto “Wild West City”!  Aqui a embalagem de 1970...

Nesse conjunto, a criança felizarda recebia de uma só tacada o “Marshal´s Office”, a prisão, o Wells Fargo coach station, o banco, o famoso e cobiçado ”Silver Dollar Saloon” (imponente em seus dois andares), uma diligência, um carroção, e uma base cartonada para tornar a brincadeira ainda mais divertida!

 

Tenho alguns destes itens na minha coleção.  Aqui o “Silver Dollar Sallon”, o banco (vermelho),  a “bunk house” (bege), e o “Marshal´s Office” (amarelo).  A “bunk house” (tenho duas, ver abaixo) não vinha no conjunto Wild West City.


Nessas fotos aparece também o Wells Fargo Coach Station (cinza), ao lado do Marshal´s Office:

Aqui o “carroção” e o “banco”...

 Na capa do catálogo de 1971, vale reparar no “Silver Dollar Salloon” em posição de destaque, ao lado de outras “estrelas” da marca como o “Wild West Fort” (canto esquerdo acima), e o Wild West Outpost (canto direito abaixo)

Esta foto do mesmo catálogo dá bem o “clima” de realismo pretendido pela Timpo...

Uma das mais belas casas da Timpo era o destaque do conjunto “Western Ranch”.  A casa reproduz uma construção em toras de madeira, típicas das fazendas e “ranchos”.  A escala é mais perfeita em relação aos bonecos.  Essa casa foi uma das que mais resistiu na linha de produção da empresa.   Ela também fez parte do “Wild West Fort”.

Esta é a embalagem de 1971 do conjunto...

Esta, a embalagem de 1973...

 Aqui uma foto da minha coleção...

De 1971 a 1972, toda a linha de casas podia ser encontrada nas lojas em embalagens individuais.  Ao contrário de 1970, as embalagens nesse período eram ilustradas com fotos dos conjuntos montados...

Mesmo com esta linha de casas ainda sendo encontrada nas boas lojas do ramo, o catálogo de 1972 já dava uma “dica”: algo ia mudar, e mudar para pior! Na foto da capa do catálogo, não vemos mais as casas originais, e sim a “nova fornada” (são as casinhas com cowboys nos tetos)

O problema é que 1972 marca o lançamento de uma nova linha de casas, a “Timpo Wild West City Series”, bem mais simples, que vai perdurar na empresa até quase o seu fechamento em 1980.  Ao contrário das casas originais de faroeste, sofisticadas e ricas em detalhes, as novas parecem ter saído todas do mesmo molde.  E as proporções de escala, antes perfeitas, agora passam a deixar bastante a desejar...

Pelo menos, as casas ainda vinham em playsets caprichados, como esse de 1973, aditivado por um carroção e algumas figuras...

Ou nesse outro set bastante raro, o “Timpo Big Wild West”, também de 1973 – onde qualquer cowboy (ou índio) podia se sentir “em casa”!

 O conjunto dos sonhos dos cowboys “sem teto” – a cidade completa – perdeu bastante da beleza da linha original, mas pelo menos ainda protegia os coitados da chuva.  O nome também mudou para “Timpo Frontier Town”.

Uma raríssima imagem do interior “intacto” do conjunto “Timpo Frontier Town”...

A partir de 1977, os cowboys seriam desalojados para sempre pela Timpo.  Estas são as últimas casas da linha de faroeste, nas embalagens encontradas até 1976...

Pra finalizar, uma foto da minha última aquisição.  Uma das casas “originais” mais raras do faroeste da Timpo,  o “Gunsmith Store”, vendido entre 1970 e 1972.  Essa deu trabalho para conseguir...

É isso...e até a próxima!

Richard Kyaw

Novembro de 2009





Comentários

Enviar comentario

De: António Claro (Portugal)
Boas,É tão bom recordar os tempos em brincava com alguns destes bonecos, mas as casas e ranchos fazia eu pois o dinheiro não abundava. É de louvar.


De: renecardoso@bol.com.br
Gostaria de entrevistar o autor deste execelente artigo,poderia me enviar seu e-mail?


De: JOSÉ ANTÓNIO ROCHA
Ainda vivo no sonho de um dia ver estasmaravilhas da TIMPO de novo nas lojas. Quem sabe alguem pega e torna ameter as maquinas afuncionar.


De: Adriano
Ótima matéria, e as fotos são muito boas! Pena que os fabricantes nacionais INSISTEM em ignorar os colecionadores... será que isso vai mudar?


De: Jorge Barreto
Muito boa a matéria...e parabéns pelas figuras.


De: Róbson
Muito bom este artigo!!!